Já se humilhou hoje?

07-novembro Espiritual

Nos humilhar talvez seja uma das coisas mais difíceis para nós. Crescemos habituados a não nos humilharmos por nada e por ninguém e não aceitamos nenhum tipo de humilhação. Humilhar-se é assumir impotência, fraqueza, é se colocar inferior ao outro.

A Bíblia nos relata uma parábola de dois homens orando: um intérprete da Lei e um cobrador de impostos (Lc 18.9-14). Nessa parábola, o fariseu se enche de si mesmo e agradece por não ser como os demais pecadores, ao passo que o publicano não ousava levantar os olhos aos céus se humilhando diante de Deus.

O texto encerra dizendo que o publicano voltou para a casa justificado. Ora, o publicano entendeu que era indigno de orar, pois, conhecia seu coração e seus pecados. Muitas vezes Deus castiga o seu povo por ser um povo de dura cerviz, ou seja, um povo que não se humilha. A Bíblia também nos diz que Ele ouvirá nossa oração e sarará nossa terra se nos humilharmos (2Cr 7.14). Se humilhar diante de Deus é demonstrar dependência, é afirmar que é impossível fazer o certo à parte do Salvador. Se humilhar é confiar em Deus e ser bem-aventurado, afinal “Maldito o homem que confia no homem, faz da carne mortal o seu braço e aparta o seu coração do SENHOR! ”. (Jr 17.5).

Marcus Vinícius de Paula Costa