Namoro

21-dezembro Espiritual , Família

“E eu passo a mostrar-vos ainda um caminho sobremodo excelente”. I Co. 13:1a

Namorar é a arte de se conhecer e se permitir ser conhecido. É a oportunidade de abrir o coração e a mente. Trocar ideias, experiências, partilhar expectativas, sonhos, frustrações. É perceber que o outro, por quem se tem afeição, é um ser diferente de mim e que nesse encontro de diferenças (por meio da tolerância, do diálogo, do acordo) é possível construir um caminho que se trilha junto em mútua cooperação.

O namoro cristão deve ser um relacionamento sadio de respeito e amizade, pensando na possibilidade do casamento. Com o tempo ele se consolidará transformando toda a experiência em amor. Certos de que o amor é um exercício e, muitos se enganam acreditando que é apenas um sentimento. Aprendemos na primeira carta aos Coríntios que o amor é um caminho excelente e felizes são aqueles que permitem enveredar por ele em toda a sua plenitude.

Elizabeth Almeida da Costa Figueiredo