O anúncio de um desastre

01-novembro Espiritual

“E todo primogênito na terra do Egito morrerá, desde o primogênito de Faraó, que se assenta no seu trono, até ao primogênito da serva que está junto à mó, e todo primogênito dos animais. Haverá grande clamor em toda a terra do Egito, qual nunca houve, nem haverá jamais.”  (Êxodo 11.5,6)

Que mensagem aterrorizante! Imagine que todas as casas de um país haviam perdido o filho mais velho, um desastre incomparável, uma dor incontrolável, uma perda inconsolável. A próxima praga superaria todas as outras, nada se compara a isso, rãs, piolhos, úlceras, escuridão, chuva de pedra, gafanhotos, água se tornar em sangue, a morte dos animais, nada se compararia a perda de um filho. O filho mais velho ainda tinha a tarefa de representar a continuidade da família, era o substituto do pai, no caso de Faraó, ele seria o sucessor ao trono, e a notícia desastrosa é: Todos irão morrer!

Existe uma mensagem nas Escrituras que nos ensinam a fugira da ira vindoura, algo que precisa ser destacado nessa questão é que Deus é o causador da dor, fugir da ira é fugir do próprio Deus. O mundo moderno criou um Deus diferente das Escrituras, alguém que traz presentes e benefícios aos homens quando esses são bons e fica magoado, triste, quando é rejeitado.

Porém, o Deus das Escrituras é chamado de fogo consumidor, ainda é dito que terrível coisa é cair nas mãos do Deus vivo e que não há salvação para aqueles que não crerem no Seu meio de Salvação. Endurecer o coração à mensagem do evangelho é abrir o coração à destruição profetizada.

Motivos de Oração: Ore pedindo ao Senhor pedindo compaixão em tempo oportuno, que dê aos que nos cercam a capacidade de ouvir Sua voz e confiar em Jesus Cristo, como único e suficiente salvador.

Rev. Jakstone Carvalho Braga

 

What do you want to do ?

New mail