O juízo revelador de Deus

25-agosto Espiritual

“Saberão os egípcios que eu sou o SENHOR, quando estender eu a mão sobre o Egito e tirar do meio deles os filhos de Israel.”  (Êxodo 7.6)

Possivelmente, você conhece a história das 10 pragas, em que Deus humilha e destrói os deuses do Egito e, em consequência, o próprio Egito para libertar Israel do Cativeiro.

Um dos propósitos desse juízo é fazer com que o Egito saiba quem é o Senhor. No primeiro encontro de Moisés com Faraó foi dito que ele não conhecia o Senhor e por isso não libertaria o povo.

Quando as dez pragas acabaram, acredito que não havia ninguém, do palácio à palhoça, que não sabia quem era o Senhor e que Ele era mais poderoso do que todos os deuses do Egito.

Isso também será uma realidade no mundo, por meio de Seus juízos, Deus fará justiça aos seus eleitos, que são oprimidos nessa terra e chegará o momento em que todo joelho se dobrará e toda língua confessará que Jesus é o Senhor, mesmo que assolados pelo pavor dos seus feitos. Talvez os inimigos tenham a ideia errônea de que estão no controle das coisas e que seus deuses são mais fortes, mas o Criador com poderosa mão mostrará em todos os domínios da terra, que Ele é o Senhor.

Motivos de Oração: Peça ao Senhor que faça justiça ao Seu povo, que os livrem de uma vez por todas da opressão do mundo, da carne e do diabo.

Rev. Jakstone Carvalho Braga