Um cordeiro sem defeito

09-setembro Espiritual

“O cordeiro será sem defeito, macho de um ano, podendo também ser um cabrito.”  (Êxodo 12.5)

Nada menos do que o melhor, o perfeito e sem defeito será aceito por Deus. Uma mensagem embrionária, uma sombra do que viria rondava a história do povo de Deus. A partir desse momento, por meio da festa da páscoa o povo levantaria um memorial, desse grande livramento e apontaria para o livramento supremo, que viria por meio de Jesus Cristo.

Por que sem defeito? Porque o sacrifício deveria satisfazer a um Deus perfeito e santo, mas temos que lembrar que todos esses sacrifícios não passavam de figuras, de sombras, do verdadeiro e definitivo. Desde o Antigo Testamento era anunciado que o sangue de bodes não era suficiente para salvar o povo dos seus pecados, o rei Davi já havia dito: “Pois não te comprazes em sacrifícios; do contrário, eu tos daria; e não te agradas de holocaustos.” (Sl. 51.17).

Um dos aspectos de nossa salvação é o fato de Jesus ser obediente ao Pai todos os dias da Sua vida, foi Ele mesmo quem disse que Seu alimento era fazer a vontade do Pai. Sendo obediente até a morte e morte de cruz, Ele se tornou o cordeiro sem defeito, a oferta perfeita que satisfaria a vontade do Pai. O apóstolo Pedro nos explica isso de forma clara: “Sabendo que não foi mediante coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados do vosso fútil procedimento que vossos pais vos legaram, mas pelo precioso sangue, como de cordeiro sem defeito e sem mácula, o sangue de Cristo,” (I Pedro 118,19).

Motivos de Oração: Ore agradecendo a Deus pela bênção de Jesus Cristo, pela Sua obediência, fazendo-O o sacrifício perfeito, para nos libertar da ira santa e divina.

Rev. Jakstone Carvalho Braga