Um vírus mortal

13-novembro Espiritual , Saúde

O Corona Vírus é muito pouco!

Em uma conversa com dois amigos nesses dias de confinamento, um deles escreveu um bom texto acerca do Corona Vírus, porém, no começo da escrita, disse acreditar que todo esse caos motivado pela nova gripe não é uma manifestação da ira de Deus. Mas não é isso que as Escrituras nos mostra.

Todo o problema do mundo veio como consequência dos pecados cometidos pela humanidade. Sejam cometidos pelo povo de Deus (2Rs 23.26-27), sejam cometidos pelos ímpios (Êx 12.29). Os crentes em Jesus Cristo, por mais que não sofrerão com a ira final e eterna de Deus, sofrem com a ira momentânea de Deus assim como os injustos, esses sendo castigados também com a ira final no inferno. Uma simples reflexão para compreender essa argumentação é o fato de que Deus não abençoa o planeta com um vírus, muito pelo contrário, Ele amaldiçoa. E se ele amaldiçoa não significa que está feliz com o povo, mas sim, irado.

Mas o mesmo Deus que se ira contra os pecados da humanidade, é o Deus que tem misericórdia de quem se arrepende de seus erros e traz a cura para o povo (2Crôn 7.14).  Assim como escutou o seu povo no cativeiro Babilônico, Ele ouvirá os clamores daqueles que clamam a Ele, trazendo um remédio, uma vacina, capacitando os médicos ou simplesmente fazendo tudo acabar com uma ordem.

E tudo isso nos leva para um problema infinitamente maior. Há um vírus mortal espalhado pela humanidade, e, ao contrário do COVID-19, esse vírus atingiu a todos os homens e todos estão contaminados com essa doença (Rm 3.23). A maior gravidade desse problema é que ela não pode trazer somente uma morte física às pessoas, mas também a eternidade no inferno (Rm 6.23). Se você já pecou, e com certeza você já pecou (1Jo 1.8), o pecado irá te mandar fisicamente e espiritualmente para o lago de fogo junto da própria morte e do diabo, sendo atormentado dia e noite pelos séculos dos séculos (Ap 20.14-15; 20.10).

Diante desse caos causado pelo vírus do pecado, Deus providenciou a cura e essa cura é Jesus Cristo (Rm 5.17-21). Todos os homens infectados pelo pecado podem ser curados pelo Filho de Deus. E ainda que você ache ser capaz de conseguir uma outra forma de ser salvo não existe outra cura fora de Jesus (At 4.11-12). Há um porém, o preço desse remédio é caro, muito caro. Ele exige sacrifício e devoção total (Mt 16.24), se não agir assim e no final não vir a salvação, não significa que Jesus falhou, porque essa cura é inerrante (Fp 1.6), mas sim que você nunca a possuiu.

Para que a cura, Jesus Cristo, te salve do vírus mais mortal desse mundo é preciso que você se arrependa e creia que Ele, Jesus, é o único que pode salvar e te livrar da maldição do pecado (At. 3.19-21).

Vander  Lúcio Soares de Oliveira Júnior